• Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
  • default color
  • cyan color
  • red color
Cordel dos Provérbios
Prezado amigo leitor
Vale apena relembrar
Alguns "ditos" ou ditados
Da cultura popular
São os chamados provérbios
Neles vamos viajar.

Quem tem boca vai a Roma
Andorinha só não faz verão
Cada macaco em seu galho
A ocasião faz o ladrão
Mentira tem perna curta
Vê cara, não vê coração.

É melhor andar sozinho
Do que mal acompanhado
Mas será o Benedito?
Hoje o mundo tá virado
Nem toda meia é tijela
Poste é quem fica parado.

 


Poesia Completa

O autor já garimpou aproximadamente 10 mil provérbios e prepara um Dicionário.

Você deseja ler esta poesia na íntegra? Entre em contato!