09 maio
1Comment

Entrevista

Dono de uma trajetória única e exemplar, Cacá Lopes é sinônimo de quem venceu as intempéries da vida pelo suor e inspiração. Quando o conheci, no finais dos anos 80, era um militante apaixonado pelas causas nas quais estava envolvido: o MOVA (Movimento de Alfabetização de Adultos), desenvolvido por Paulo Freire e disseminado pela administração da então prefeita Luiza Erundina; o Movimento Cultural de Guaianases, da qual eu também fazia parte; e o Movimento 1º de Maio, também de Guaianases, de cunho social e que era dirigido por outro incansável, o seu Jaime Cavalcanti.

Desde então o Cacá que acompanho tem sido um mosaico de vitórias constantes. Como apresenta uma paralisia no braço esquerdo, desenvolveu um modo peculiar e inédito de tocar violão, colocando-o no colo e teclando-o como se fosse um piano. Mas longe de mim querer incensá-lo pela sua inovação musical apenas. O caro é pura poesia, pesquisador e labutador de suas raízes e, dono de uma simpatia ímpar, faz uma grande diferença no ambiente aonde chega.

Read more…